Reflexão – mais uma razão pra ter um blog

Olá, lindezas! Todo mundo bem? Espero que sim!

Fiquei um tempinho sem postar aqui no blog, mas não o abandonei não. Tenho planos e projetos, e novas ideias para posts quase todos os dias. Enquanto eu tiver dedos (sei lá, vai que eles são devorados por uma planta carnívora) e acesso à internet, estarei por aqui, postando sobre coisas sérias ou bobas, entretendo ou entediando vocês.

O que me motivou a postar aqui hoje – fora dos planos que tenho – foi um post que li no WebMD. No post (em inglês), o autor fala sobre como os blogs serão as lembranças que nossos filhos e netos terão de nós no futuro, como as cartas e diários antigos que hoje em dia temos.

Eu não tenho filhos, e não terei. Não terei netos também. Mas tenho uma sobrinha, que vai ficar por aqui depois que eu não estiver mais. Hoje em dia ela é muito jovem pra acompanhar isso aqui, mas um dia ela não será mais. Um dia ela terá idade pra entender muitas coisas que hoje, aos sete anos, escapam ao seu entendimento. E quando ela tiver, o blog – este ou outro – estará aqui, com histórias, pensamentos e coisas que essa tia que mora tão longe dela escreveu. Talvez eu ainda esteja por aqui pra explicar o que ela quiser saber. Talvez não, ninguém sabe do dia de amanhã.

Mas ela vai poder ver pedaços de quem eu sou ou era hoje – porque, mesmo que eu esteja viva daqui a não sei exatamente quantos anos, pode ser que eu não seja mais a pessoa que eu sou hoje, sentada aqui escrevendo este post na cama, depois de um café com ovo frito antes de ir dormir. Pode ser que eu seja uma pessoa totalmente diferente, mas a pessoa que eu era hoje, aos 35 anos, estará cristalizada aqui no blog pra quem quiser conhecê-la.

Vocês que têm blogs e filhos, sobrinhos ou netos – isso é algo em que vocês pensam também? Dividam comigo nos comentários!

P.S.: Se quiserem ler o post que me motivou, cliquem aqui!

Anúncios